Posted By on Mai 4, 2020

Quarentena Assintomática – XXX

EMACO


Quarentena Assintomática – XXX

Autor: Jorge Castro

CONFINADÍSSIMOS DE PASMO NOS MANTEMOS

confinadíssimos de pasmo nos mantemos
em clausuras que ninguém suspeitaria
num amargor de vida que sustemos
sem sabermos quando nasce um novo dia

pó seremos – cinza breve – só memória
mas enquanto cá vivermos haveremos
de cruzar quantos caminhos da história
sejam feitos pelos passos que nós dermos

porque o mundo é nosso – de nós todos
e o ar que respiramos nossa herança
preenchendo os pulmões com ar a rodos
peregrinos a caminho da esperança

não é parco este mundo mas finito
e todos nós pouco mais que um marinheiro
solitário a caminho do infinito
mas sabendo ter o Sol por companheiro

e no fim da viagem percorrida
acostando ao seu porto de destino
ter em si a noção certa e vivida
de ter feito da sua vida quase um hino

de fulgores – de incertezas – de amores
de ser da lei maior da vida partidário
nessa busca permanente de mil cores
de um viver perenemente solidário.

Jorge Castro -em 04 de Maio de 2020

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.