Posted By on Mar 16, 2021

Café com Letras
– Sessão com Mário Zambujal e moderação de Ana Daniela Soares

EMACO


Café com Letras
– Sessão com Mário Zambujal e moderação de Ana Daniela Soares

Caras e caros associados,

Fazendo votos de que se encontrem de boa saúde e esperando que em breve nos possamos de novo reunir, informamos que a Câmara Municipal de Oeiras está a promover a 2.ª edição do ciclo de conversas online “Ler Olhos nos Olhos” e “Café com letras”, cujo desenvolvimento e conteúdos são responsabilidade de The Book Company.

A Espaço e Memória, tendo sido convidada a associar-se a estes eventos, irá promover e divulgar pelos seus associados a calendarização e informação relevante sobre cada edição.

Todas estas conversas, chegam semanalmente a nossa casa online – por ser de momento a forma possível de todos ficarmos mais próximos da cultura -, à quarta-feira, pelas 21.30h, e são transmitidas no Facebook.
Vai ser possível que todos acompanhem estas edições, em directo e simultâneo através da página de Facebook da nossa associação, no sítio:
https://pt-pt.facebook.com/espacoememoria

Para esta sexta feira teremos
Café com Letras | 19 de março, 21.30

Sessão com Mário Zambujal e moderação de Ana Daniela Soares

Mário Zambujal nasce em 1936 em Moura, mas passa a adolescência no Algarve, onde se faz notar pela disposição alegre e irrequieta. Aos 15 anos, publica um conto no semanário local Os Ridículos, e fica tão satisfeito com a aceitação dos pais que desenvolve a partir daí o gosto pelas letras, passando a escrever crónicas para o Jornal do Algarve. Mais tarde, muda-se para Lisboa e inicia uma carreira como jornalista que o leva a passar por A Bola, Diário de Lisboa, O Século, Diário de Notícias, O Jornal, Tal e Qual, Record, entre outros jornais e revistas, nas mais diversas funções.
Da imprensa escrita passa para a RTP, onde cria, dirige e apresenta diversos programas, entre os quais Domingo Desportivo. Torna-se igualmente responsável pelos guiões de séries humorísticas como Lá Em Casa Tudo Bem, Isto é o Agildo ou Nós, os Ricos. Paralelamente, colabora em programas de rádio como Pão com Manteiga, na Rádio Comercial.
Em 1980, publica o primeiro romance, Crónica dos Bons Malandros, que obtém um enorme sucesso e acaba inclusive por ser adaptada ao cinema por Fernando Lopes, e recentemente em série.
Seguem-se, entre outros, Histórias do Fim da Rua (1983), À Noite Logo Se Vê (1986), Primeiro as Senhoras (2006), Dama de Espadas (2010) e O Diário Oculto de Nora Rute (2013), nos quais mantém uma escrita clara e despretensiosa, marcada pelo bom humor e pela ironia. Pelo meio, é feito Oficial da Ordem do Infante D. Henrique e eleito presidente do Clube dos Jornalistas.

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.