Posted By on Mai 17, 2021

Conversa com Carlos Tê – 19 de Maio, pelas 21h30, em directo no facebook

EMACO


Conversa com Carlos Tê – 19 de Maio, pelas 21h30, em directo no facebook

Carlos Alberto Gomes Monteiro (Cedofeita, Porto; 14 de Junho de 1955) é licenciado em filosofia, nunca tendo exercido actividade profissional relacionado com os estudos.

Tímido diz que “nasceu com a bola debaixo do braço e passava os dias de infância com a bola”. Na sua juventude era devorador de revistas sobre música tendo por isso ganho a alcunha T. Tinha o grande sonho de ser músico, mas o máximo que conseguiu foi uma guitarra, de qualidade inferior, aos 17 anos. “Para se ter uma guitarra era preciso dinheiro”. E para ter liberdade e autonomia financeira era preciso trabalhar e garantir fonte de rendimento. Começou a trabalhar aos 14 anos num escritório e mais tarde foi funcionário do Banco de Portugal.
Viciado no rock anglo-saxónico e na poesia, aos 22 anos escreveu a sua primeira letra – Chico Fininho – a que se seguiram muitas outras interpretadas por Rui Veloso, Salada de Frutas, Jafumega, Trovante, Mariza, André Sardet, Clã, Ana Moura, Jorge Palma…
Carlos Tê gosta de escrever cancões com pessoas lá dentro e lamenta que já não se produzam discos com a intensidade de outros tempos. Agora é tudo online e muito imediato, comenta.
Escritor, letrista, cronista dos jornais “Público” e “Expresso”, é também autor de alguns musicais e de contos e narrativa
Assista em directo a esta conversa promovida pela Camara Municipal de Oeiras e produzida por The Book Company.
Caso pretenda colocar alguma questão ao entrevistado, envie antecipadamente a mesma via email para: lerolhosnosolhos@tbco.pt
A Espaço e Memória é parceira deste evento pelo que pode assistir ao mesmo na página da Associação em:
https://pt-pt.facebook.com/espacomemoria

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.